Remédios: Supino Declinado com Barra – exercício peitoral

Posted on

Descubra nesse artigo a importância de incluir o Supino Declinado na sua rotina de treino para que seja possível desenvolver o peitoral por completo.

Um ótimo exemplo seria fazer um exercício como a Rosca Concentrada para focar mais no pico (altura) do bíceps. Esse exercício também pode melhorar bastante a parte de dentro do peitoral, caso feito com halteres. Por outro lado, quando o treino é focado apenas no meio e na parte superior do peitoral, faz com que o músculo adquira um formato “arredondado”. Mesmo que você consiga utilizar mais peso com a barra, a amplitude do movimento é maior com os halteres, permitindo uma contração maior no músculo. Sendo assim, concluímos que o Supino Declinado é um exercício excelente para moldar e construir seu peitoral e deve estar presente no seu treino de peito. O que pode acontecer é um exercício X estimular mais essa parte do que as outras. Paralelas Esse exercício é negligenciado por muitos quando o foco é trabalhar o peitoral. Neste artigo, separamos exercícios e alimentos fundamentais neste processo que vão te ajudar a definir o peitoral e chegar ao seu objetivo final. Por um ser um grupo muscular grande é preciso que cada exercício trabalhe uma parte do peitoral, a parte superior e a inferior.

Um bom treino de peito é composto pelos exercícios corretos, aplicados da melhor forma! Neste artigo, você verá quais os melhores e mais eficientes!

  • Faça ao menos 10 repetições de supino ou crucifixo com halteres. Remova imediatamente cerca de 4 kg e realize o exercício até cansar. Continue fazendo isso até a falha.

O primeiro exercício para começar a aperfeiçoar o peitoral é o supino reto.

Por isso, para aperfeiçoar o peitoral, o crossover é um exercício que não pode faltar no seu treino. Sabe aquele exercício que fortalece as fibras e dá mais força para executar os outros  exercícios para o peitoral? Ele entra no conjunto de exercícios para aperfeiçoar o peitoral, porém não é um tipo de exercício que a carga seja muito grande para aumento da massa da região. Um clássico para aperfeiçoar o peitoral, o pullover é um exercício que demanda bastante força e trabalha o grande músculo como um todo. Alguns treinos ele entra por ultimo ou dependendo do aluno como o primeiro exercício, a carga maior do pullover é ideal para aumentar a massa do peitoral e defini-lo. Um último exercício que pode entrar no seu cronograma de treinos é a flexão, além de você poder fazer em qualquer lugar e usar o peso do seu corpo. O certo, além do descanso necessário para aumentar o músculo do peitoral é que em cada exercício tenha concentração e esforço. Com uma alimentação adequada, disciplina nos treinos, exercícios certos para aperfeiçoar o peitoral, se torna mais fácil tonificar e definir este músculo. Em contraste, no supino reto (ou declinado), diminui-se a quantidade de flexão dos ombros e, assim, exerce-se mais pressão na cabeça esternal (inferior) do peitoral.

O exercício crucifixo é muito importante dentro de seu treino de peitoral. Neste sentido, é fundamental que você consiga executá-lo corretamente, no contexto adequado de seu treino.

  • Flexão dos ombros: levantar o braço acima da cabeça;
  • Adução horizontal: o mesmo do item anterior
  • Rotação interna: o mesmo do item anterior

Essa estabilidade permite maximizar o peso do exercício e, consequentemente, o desenvolvimento do peitoral.

Isso é fantástico para aumentar o recrutamento do manguito rotador e dos músculos estabilizadores menores, o que faz da flexão um excelente exercício para os ombros. Supino inclinado com Halteres (60º): Como no exercício anterior, certifique-se que as suas costas estão totalmente assentes no banco. Aberturas inclinadas com Halteres: Neste exercício, e como nos dois exercícios anteriores, coloque o corpo na mesma posição. 4.Flexões: As flexões são, provavelmente, o melhor e mais completo exercício para a parte superior do corpo. É praticamente o mesmo exercício que o anterior, porém com as mãos próximas, formando um desenho de “diamante”, visando trabalhar a parte mais central do peito. Esse exercício é feito de forma mais “fechada”, com a distância das mãos equivalente à do peitoral. Enquanto algumas pessoas buscam um treino em casa ou na academia com o objetivo de perder os quilos em excesso, outras querem ganhar um corpo mais musculoso, definido e fortalecido. Este exercício de força que aciona o peitoral foi classificado como excelente no site Body Building, tendo recebido a note 8,6 em uma escala que vai de zero a 10. Ao fazer o exercício é importante saber que o modo como o banco é inclinado altera o efeito do movimento.

Quais exercícios realizar no treino de peito para deixar o peitoral quadrado ou peitoral arredondado?

  • Starting Strength, 3rd edition: Mark Rippetoe, Jason Kelly.

Supino inclinado com halteres Fazer o supino com halteres no banco inclinado traz a vantagem de poder mudar o ângulo de inclinação de uma série ou treino para outro.

Peito nas paralelas É fundamental prestar bastante atenção à técnica do exercício e certificar-se de que está trabalhando o peitoral e não o tríceps. Isso porque enquanto a manutenção do corpo reto entre as barras paralelas aciona mais o tríceps, uma inclinação ligeiramente para a frente trabalha mais o peitoral. Além de trabalhar o peito, este exercício também aciona os ombros. Além disso, de acordo com o site Body Building, a ativação gerada pelo exercício ao peitoral maior é similar à que é promovida pelo supino. Confira: Esse é o tipo mais tradicional de supino existente, ideal para hipertrofiar (ganhar massa muscular e força), pois permite a amplitude total do movimento. Além disso, esse exercício qualquer pessoa pode fazer, basta colocar o peso de acordo com a força do praticante e fazer as repetições programadas na planilha de treino. E se o inclinado fortalece os músculos superiores, o exercício em declínio trabalha mais ativamente a musculatura peitoral inferior. Se no primeiro o tronco e os ombros estão acima do restante do corpo, nesse eles ficam abaixo, sendo as pernas a parte mais elevada durante o exercício. Nesse exercício, indicado para aqueles com problemas ou dores crônicas nos ombros, por exemplo, a barra para, geralmente, na metade do caminho realizado pelo supino reto.

Lista com os 7 melhores exercícios para ganhar massa muscular para você incluir no treino

Quem treina muito pesado gosta desse exercício também, pois o chão é uma base muito mais estável do que qualquer banco de supino.

É bastante complicado esse tipo de exercício e exige bastante também dos músculos abdominais, pois há pouca estabilidade para o tronco, o que eleva consideravelmente seu grau de dificuldade. Porém, esse é mais um exercício de manutenção e de condicionamento físico, pois é inviável erguer grandes cargas ou forçar em demasia os músculos do peito, ombros e do tríceps. Ao ser “explosivo”, o treino facilitará o desenvolvimento dos músculos do peito e, em vez de contar as repetições, você pode tentar cronometrar os exercícios. Método 2 1 O é considerado o exercício mais eficaz para quem deseja desenvolver os músculos do peito. Você poderá utilizar halteres, barras (em bancos específicos para supino reto, inclinado ou declinado) ou uma máquina de supino para realizar tal exercício. 2 Deitado no banco, utilize halteres mais leves (este exercício é mais difícil do que o supino, por isso o peso deverá ser menor), segurando um em cada mão. 3 Isso forçará os músculos a trabalhar mais, pois você estará realizando outro exercício logo após terminar um – essa técnica pode ser bastante eficaz ao desenvolver seus músculos. Por sua vez, os fundos para peitorais (parallel-bar dips) são uma variação do supino inclinado, no qual a parte inferior dos músculos do peito está mais envolvida no trabalho. No entanto, o exercício de fundos para peitoral em paralelas é um movimento mais natural.

Começa o treino com um exercício composto para o peito superior

No ponto superior do exercício, os braços estão esticados, os cotovelos fixos, o peito olha para cima e o corpo fica perpendicular ao chão.

O erro mais comum nos fundos para peitoral é a execução parcial do exercício, sem descida completa do corpo (quando os ombros ficam acima ou ao mesmo nível dos cotovelos). *** Fundos para peitoral em paralelas é o exercício mais importante para trabalhar os músculos peitorais. As vantagens deste exercício é o completo envolvimento de todos os músculos do corpo e a possibilidade de recorrer a peso extra para aumentar o grau de dificuldade. Para aquecimento o melhor é fazer flexões no chão ou banco, e como primeiro exercício de força, faça o supino reto com barra ou com halteres.